Associação Internacional Maylê Sara Kalí

Defesa dos Direitos Humanos dos Povos Romani (ciganos) do Brasil

Educação em Direitos Humanos

A história do Povo Romani (Ciganos)

Criado no ano de 2011 as ações do Projeto Kalinka são desenvolvidas com o propósito de fortalecer a diversidade étnica cultural, por meio de estratégias de intervenção didático-pedagógica orientadas pela promoção e proteção das expressões culturais dos Romani (povo cigano). As atividades promovem a reflexão do público sobre a realidade de vida do povo romani (ciganos) do Brasil e dos demais países. No âmbito nacional tem fortalecido as capacidades dos agentes públicos para efetivação de políticas públicas de atendimento as necessidades dessa parcela da população brasileira e em defesa dos direitos humanos. Como resultado, em 24 de novembro de 2014, o Projeto Kalinka é condecorado com o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos 2014.
Acompanhe as ações do Projeto Kalinka...

Projeto Kalinka:  Educação,  Saúde,  Cultura  e  Cidadania

APRESENTAÇÃO

Criado no ano de 2011 as ações do Projeto Kalinka são desenvolvidas com o propósito de fortalecer a diversidade étnica cultural, por meio de estratégias de intervenção didático-pedagógica orientadas pela promoção e proteção das expressões culturais dos Romani (povo cigano).

Objetivo Geral: Contribuir para o conhecimento da história, tradições e costumes do povo romani (ciganos) do Brasil.

Objetivos específicos: (i) promover o conhecimento da diversidade das expressões culturais desses povos, e dos diferentes ritmos e bailados das danças ciganas, vestimentas, tradições e costumes; (ii) promover a reflexão do público sobre a realidade de vida do povo romani (ciganos) do Brasil; (iii) fortalecer as capacidades das/os gestoras/es públicos para efetivação de políticas públicas de atendimento as necessidades do povo romani (ciganos); (iv) fortalecer as capacidades das/os servidoras/es públicos em defesa dos direitos fundamentais e direitos humanos do povo romani (ciganos); e (v) contribuir para diminuir o preconceito, o racismo, e a discriminação ao povo romani (ciganos).

Em 24 de Novembro 2014 o Projeto Kalinka é contemplado com o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos , uma iniciativa do Ministério da Educação – MEC por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão – SECADI/MEC, em conjunto com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR, sob a coordenação da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura – OEI e com o apoio da Fundação SM. Assista a reportagem da UNDIME Nacional....

A AMSK/Brasil agradece o reconhecimento e se fortalece para continuar o trabalho de sensibilizar os trabalhadores da educação, os agentes públicos do país, e a sociedade brasileira sobre as questões do preconceito, racismo, discriminação e violação dos direitos humanos do povo romani (ciganos) do Brasil. O Povo Romani (ciganos) no Brasil possuem história, tradições e língua próprias e assim merecem reconhecimento e respeito as suas expressões culturais.

Aquilo que pedimos aos céus na maioria das vezes se encontra em nossas mãos...   Projeto Kalinka - Ciganos na minha escola: Uma história invisível.

Assista TVBrasil - Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos estimula ações na área

Veja as fotos...

Danças Romani

Danças Ciganas

Educação popular das danças ciganas como instrumento para superação do preconceito, do racismo e da discriminação aos povos romani. O Grupo Sara Kalí, sob a coordenação da Profa. Lucimara Cavalcante, integra as ações do Projeto Kalinka.

Saiba mais...

Atividades Realizadas

ANO 2011


CEF 104 Norte - CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL, Brasília, Distrito Federal
Assim começou o Projeto Kalinka...

Considerando o disposto na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 Capítulo III, e das Leis Educacionais que a implementam (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB), Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 e o Plano Nacional de Educação (PNE), Lei nº 10.172/2001, e do disposto nas Resoluções da II Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (II CONAPIR)realizada em 25 a 28 de junho de 2009, a AMSK/ Brasil no uso de suas atribuições estatutárias celebra o Termo de Parceriacom o Centro de Ensino Fundamental 104 Norte, Brasília-DF, para implementação do Projeto Kalinka- Ciganos na minha escola: Uma história invisívelque tem por objeto promover estudos de forma interdisciplinar sobre os temas transversais: Valores, Pluralidade Cultural, Inclusão e Diversidade e Paz. Realizamos as atividades pedagógica em comemoração ao Dia Internacional dos Ciganosno dia 8 de abril de 2011. As atividades consistem em estudos sobre o povo romani (ciganos) com os professores em coordenação e aulas temáticas aos alunos. Além de dar subsídios aos temas transversais a atividade está de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais que frisam:
Para viver democraticamente em uma sociedade plural é preciso respeitar os diferentes grupos e culturas que a constituem. A sociedade brasileira é formada não só por diferentes etnias, como também por imigrantes de diferentes países. Além disso, as migrações colocam em contato grupos diferenciados. Sabe-se que as regiões brasileiras têm características culturais bastante diversas e que a convivência entre grupos diferenciados nos planos social e cultural muitas vezes é marcada pelo preconceito e pela discriminação. O grande desafio da escola é reconhecer a diversidade como parte inseparável da identidade nacional e dar a conhecer a riqueza representada por essa diversidade etnocultural que compõe o patrimônio sociocultural brasileiro, investindo na superação de qualquer tipo de discriminação e valorizando a trajetória particular dos grupos que compõem a sociedade. Nesse sentido, a escola deve ser local de aprendizagem de que as regras do espaço público permitem a coexistência, em igualdade, dos diferentes. O trabalho com Pluralidade Cultural se dá a cada instante, exige que a escola alimente uma “Cultura da Paz”, baseada na tolerância, no respeito aos direitos humanos e na noção de cidadania compartilhada por todos os brasileiros. O aprendizado não ocorrerá por discursos, e sim num cotidiano em que uns não sejam “mais diferentes” do que os outros(Introdução do PCN Pluralidade Cultural).

Assim, considerando que a informação é um instrumento fundamental para superação do preconceito e da discriminação, a AMSK/Brasil e o CEF 104 Norte apresenta os resultados desta parceria com a sistematização das ações do Projeto Kalinka.

Metodologia


- A AMSK/Brasil promove e realiza, em reunião de coordenação no dia 6 de abril de 2011, aos professores e demais pessoas interessadas (pais, serventes, merendeiras, segurança, etc.),
Workshopcom conteúdo de os estudos e pesquisas nacionais e internacionais referente ao povo romani (ciganos) e geração de partilha e discussão de idéias pedagógicas para criação e preparação de material de aulas temáticas, com destaque as datas comemorativas como:
- O dia 8 de Abrilcelebra-se o Dia Internacional dos Roma/Ciganos( International Roma Day), uma ocasião que pretende dar visibilidade à presença das comunidades ciganas em todo o mundo. Esta data, à semelhança da bandeira e do hino ciganos, foi oficializada no primeiro Congresso Mundial Roma/Cigano que teve lugar em Londres em 1971, tendo hoje grande difusão no espaço europeu e mundial, sendo formalmente aceite pela grande maioria das Associações e ONG’s das comunidades ciganas. A celebração do Dia Internacional do Povo Romani (ciganos)tornou-se desde os últimos anos uma importante ocasião para o reconhecimento internacional dos Ciganos/Roma, da sua história, língua e cultura. Apesar desta ser uma data relativamente desconhecida para a grande maioria das pessoas, hoje é celebrada em diversos países dos cinco continentes como uma chamada de atenção para a discriminação que em muitas ocasiões estas comunidades são alvo;
- O Dia Nacional do Ciganofoi instituído em 25 de maio de 2006 por meio de Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em reconhecimento à contribuição da população brasileira de etnia cigana na formação da história e da identidade cultural brasileira. No calendário cigano, o dia 24 de maio é dedicado a Santa Sara Kalí, padroeira do povo cigano. A primeira comemoração data de 24 de maio de 2007, com uma programação especial da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR). Como parte da programação, foi lançado o carimbo e o selo cigano, pelas Empresas Brasileiras de Correios e Telégrafos (ECT), em homenagem ao fato histórico da participação do povo cigano na facilitação das comunicações. Também foi feito o anúncio da Cartilha de Direitos da Etnia Cigana, por meio da Secretaria Especial dos Direitos Humanos. O povo cigano inclui os Roms, Sintos e Calons, todos originados de um povo nômade oriundo do norte da Índia.

Concluídas as atividades do Workshop, a Coordenação de Supervisão Pedagógica do CEF 104 Norte indica as turmas de História e Inglês, período matutino e vespertino, para um trabalho em conjunto dos professores com o Grupo Sara Kalí de Danças Ciganas no dia 8 de abril de 2011.

Atividade no dia 8 de abril de 2011, período matutino e vespertino:
1) As professoras e professores realizam as aulas temáticas elaboradas no Workshop;

2) O Grupo Sara Kalí realiza na sala de aula atividade lúdica com as alunas e os alunos da seguinte maneira:
- Apresentação: Dizer o nome, estado e cidade de nascimento, e do time de futebol que torce. Concluída as apresentações, solicitou que formassem os grupos de torcedores. Os times com 1 ou 2 torcedores, bem como aqueles que não gostam de futebol devem formar um grupo;
- Conversa: Os objetivos do Projeto Kalinkae do Dia Internacional dos Ciganos explanando sobre a bandeira cigana e as referências da organização social e familiar dos ciganos (Rom, Sinti e Calon), suas tradições e costumes; apresenta o mapa dos acampamentos cigano no Brasil, estudos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); as condições de vida dos ciganos no Brasil; e as ações do governo brasileiro para o assunto.
- Atividade Lúdica: A dinâmica dos times de futebol .O grupo com menor número de torcedores passa a ser uma família de ciganos e conhecidos como minorias. Os demais grupos passam a ser os países (com o nome do time) por onde os ciganos deverão passar com a sua caravana. A cada torcida (país) é estabelecido um grau de impedimento para passagem da caravana, até ao impedimento total de sua passagem pela fronteira, e a família de ciganos deverá encontrar um argumento para convencer a sua passagem e estada naquele país.
- Resultados: A atividade lúdica proporciona a reflexão das alunas e alunos sobre as condições que as famílias ciganas encontram pelo caminho, como as leis de fronteiras dos países, os fatores ambientais e climáticos, o preconceito e a discriminação.
- Oficina de dança cigana;
- O encerramento se dá com a degustação do Chá Cigano ( Tchaió).

3) Apresentação dos resultados das aulas temáticas a comunidade escolar no pátio da escola :
- A direção do CEF 104 Norte dá as boas vindas aos participantes e explica a parceria celebrada com a AMSK Brasil e o objetivo do Projeto Kalinka;
- O Grupo Sara Kalí inicia a atividade lúdica separando as torcidas dos times de futebol. É claro que acontecem muitos apupos e zombarias. Essa dinâmica propicia a reflexão sobre a exclusão, a desigualdade, o preconceito e a discriminação.
- Leitura dos poemas ciganos de autoria de Zurka Sbano e Branislava Wajs;
- As alunas e alunos incentivados pela aula temática de língua portuguesa apresentam os seus poemas sobre o Dia Internacional dos Ciganos;
- Encenação da lenda cigana por alunas e alunos e o Grupo Sara Kalí;
- Grupo Sara Kalí encerra o evento com show de danças ciganas, ao final convida todos a dançar.

Continuidade das Atividades


Continuidade do Projeto Kalinka após o evento em sala de aula com os discentes da 8ª série durante o ano de 2011 com apresentação de vídeos documentários sobre as condições de vida dos ciganos no Brasil e na Europa, com a seguinte metodologia:

- Apresentação: Dizer o nome, estado e cidade de nascimento, e do time de futebol que torce. Concluída as apresentações, solicitou que formassem os grupos de torcedores. Os times com 1 ou 2 torcedores, bem como aqueles que não gostam de futebol devem formar um grupo;

- Conversa: Os objetivos do Projeto Kalinka e distribuição de tarefas aos grupos, designando a atribuição de órgãos públicos, como Ministério da Educação, Ministério da Integração Social, Ministério da Justiça e Ministério da Cultura;

- Atividade: Mostra de vídeos documentários para que os grupos apresentassem as propostas de soluções aos problemas de inclusão social, de preservação da cultura, e de direitos humanos:

a) Fabio Melo Dantas, pesquisador da Universidade de Brasília, sobre a preservação da língua cigana. Disponível em < http://www.youtube.com/watch?v=eAj47-deo0c&feature=related;

b) As condições de vida, o trabalho e os costumes. Disponível em < http://www.youtube.com/watch?v=WHdowp_At5Q&feature=relate;

c) Mulher Cigana: Entre o Sonho e a Realidade. Documentário realizado pelo Centro de Estudos e Resgate da Cultura Cigana (CERCI) e Fundo Brasil de Direitos Humanos. Disponível em < http://www.youtube.com/watch?v=9PO8Ypzb8vU&feature=related>;

d) Apresentação de slideshow, elaborado pela AMSK/Brasil, com informações sobre a bandeira cigana, as moradias do povo cigano no Brasil e na Europa, as questões sociais, e os direitos humanos.

e) Documentário elaborado pela AMSK/Brasil sobre a história e tradição a Santa Sara Kalí mantida na cidade de Saintes Maries de La Mer, França.

- Resultados:A atividade propiciou o conhecimento de informações sobre as condições de vida, tradição e costumes do povo romani (ciganos) no Brasil e na Europa, a reflexão sobre o preconceito e a discriminação, e o entendimento dos direitos humanos.


Aulas Temáticas sobre o Povo Romani (ciganos)


A Associação Internacional Maylê Sara Kalí - AMSK/Brasil homenageia e expressa seus sinceros agradecimentos ao Centro de Ensino Fundamental da 104 Norte pela parceria na realização do Projeto Kalinka - Ciganos na minha Escola: Uma História Invisível.  Na pessoa de seus professores, professoras e integrantes da direção, o CEF 104 Norte abriu suas portas para o conhecimento e a informação qualificada, contribuindo, assim, para a superação do preconceito e da discriminação e para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.


1- VÍDEOS DOS RESULTADOS DAS AULAS TEMÁTICAS:

Diretor do CEF 104 Norte - Marcus Vinicius Costa Vianna;

Vice Diretora do CEF 104 Norte - Carin Ferreira;

LINGUA PORTUGUESA   elaborado por Alessandro Piantino;

HISTÓRIA   elaborado por Altidel Cardoso Soares;

MATEMÁTICA   elaborado por Luiz Armando Oliveira;

MATEMÁTICA   elaborado por Renilda da Costa Xavier;

CIÊNCIAS    elaborado por Adriana Santos;

CIÊNCIAS   elaborado por Maria Claudia de Oliveira;

GEOGRAFIA   elaborado por Sandra Guarino

INGLÊS   elaborado por Flavia Rocha;

Administrativo do CEF 104 Norte - Muriel Costa Gama

Entrevista:  Canal E Notícias Projeto Kalinka

2- MATERIAL DIDÁTICO-PEDAGÓGICO:

KALINKA, O NOME E A RECEITA.  Saiba mais...

Lingua Portuguesa

História

Geografia

Ciências

Matemática

Inglês


ANO 2013


-  Fortalecendo as Políticas Públicas em Defesa dos Direitos do Povo Romani, 13 de Março de 2013, Brasília-DF

A AMSK/Brasil e a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal (SEPIR-DF) celebram a parceria em prol da difusão da história e da cultura Romani (cigana) com a realização do Projeto Kalinka – Ciganos na minha escola: Uma escola invisívelaos seus colaboradores e aos gestores públicos da Secretaria de Estado da Educação e da Secretaria de Estado da Mulher. Essa iniciativa voluntária da AMSK/Brasil com os gestores públicos do Distrito Federal tem como objetivo fortalecer as políticas públicas em defesa dos direitos humanos dos Romani residentes no Estado. A AMSK/Brasil e a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal (SEPIR-DF) corroboram que a informação é um instrumento fundamental contra o preconceito e a discriminação afetos a esse povo, sob forma de minimizar o racismo institucional. Veja as fotos...

-  Fortalecendo as Políticas Públicas em Defesa dos Direitos do Povo Romani, 19 de Março de 2013, Brasília-DF

A AMSK/Brasil e a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal (SEPIR-DF), representada por Patricia Ahualli, Diretora de Comunidade Tradicional e Patrimônio e Material, promoveram a difusão da história e da cultura romani (cigana) com a realização do Projeto Kalinka – Ciganos na minha escola: Uma escola invisívelaos trabalhadores da educação e gestores públicos da Administração Regional de Sobradinho e da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Veja as fotos...

-  Centro de Educação de Jovens e Adultos Asa Sul (CESAS), 16 de Maio de 2013, Brasília-DF

A AMSK/Brasil em parceria com a Profa. Olga Ribeiro, de Março a Maio de 2013, realizou trabalho no ensino inclusivo (deficientes intelectuais) com aulas de Danças Ciganas, uma vez por semana, duração de 1h40min horas aula; dança dos povos Rom, Manouche e Ghawazee, a cada passo e gesto é contada a história, tradições e costumes dos povos romani. Os docentes também participaram da atividade, a fim de realizarem durante a semana, em sala de aula, atividade didático-pedagógica de artes (desenho, pintura, e modelagem) para os discentes expressarem o que aprenderam na dança cigana, e como expressam os direitos humanos do povo romani (ciganos). Os resultados foram apresentados na Semana da Família e Cultural da escola com a apresentação artística dos discentes e docentes e exposição dos trabalhos de artes. Veja as fotos...

-  I Seminário Estadual de Educação Escolar Cigana, 24 a 26 de Setembro de 2013, Curitiba-PR

A AMSK/Brasil em parceria com a Associação de Preservação da Cultura Cigana (APRECI/PR), e a Secretaria Estadual de Educação do Paraná, por intermédio do Departamento da Diversidade (DEDI/SEED-PR), realizou o Projeto Kalinka em apoio ao I Seminário Estadual de Educação Escolar Cigana com o objetivo de ampliar o diálogo entre lideranças romani e segmentos do poder público para elaborar ações pedagógicas que promovam políticas públicas educacionais com e para as etnias romani na educação básica do estado do Paraná. O evento propiciou a elaboração da Carta de Curitibacom diretrizes que estão sendo implementadas pelo Departamento da Diversidade (DEDI/SEED-PR) resultado do trabalho conjunto com a APRECI/PR e fortalecida pela participação social.  Saiba mais...


ANO 2014


-  IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção Básica à Saúde / Saúde da Família, 12 a 15 de Março de 2014, Brasília-DF

O evento promovido e realizado pelo Ministério da Saúde, recebeu no dia 15 de março de 2014 o Projeto Kalinka, momento que propiciou a participação de profissionais da área de saúde de diversos estados brasileiros e oportunizou fazer um alerta sobre a importância dessa parcela da população brasileira de etnia romani (cigana) ter acesso a um serviço público de saúde sem a sombra do racismo.

-  FREPOP Fórum de Educação Popular, XII Nacional – IX Internacional, 22 a 26 de Julho de 2014, Lagarto – SE

A AMSK/Brasil realizou a Oficina do Projeto Kalinka, e cerca de 70 participantes, de vários estados brasileiros e de países (Colômbia, Chile, Cuba, Argentina, e Itália), vivenciaram as danças ciganas e a sua história. O intercâmbio de informação propiciou o conhecimento de nossas ações realizadas no Brasil em defesa dos direitos humanos do povo romani (ciganos). Veja as fotos...

-  Semana Universitária 2014 da Universidade de Brasília (UnB), 3 a 7 de Novembro de 2014, Brasília-DF

A AMSK/Brasil com o apoio do Decanato de Extensão da Universidade de Brasília (DEX/UnB) e da UnBTV realizou na Semana Universitária 2014 o Projeto Kalinka com atividades educativas, culturais, direitos humanos e justiça com o objetivo de contribuir para o conhecimento das expressões culturais do Povo Romani (ciganos) do Brasil.  Saiba mais...

Assista os Vídeos:

     UnBTV - Prazer em Conhecer:  Danças Ciganas
     UnBTV - Prazer em Conhecer:  Os Direitos Fundamentais dos Povos Ciganos do Brasil
     UnBTV - Prazer em Conhecer:  Exposição Fotográfica Brasil Romani

-  Aula Temática sobre o Povo Romani (ciganos) e as Ações em Saúde Coletiva, na disciplina Pensamento Social em Saúde, no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB), 20 de Novembro de 2014, Brasília-DF

A AMSK/Brasil com o apoio da Profa. Dra. Maria Inez Montagner, e do Decanato de Extensão da Universidade de Brasília (DEX/UnB) e da UnBTV realizou a Oficina do Projeto Kalinka com atividades educativas sobre as questões afetas as ações em saúde coletiva ao povo romani (ciganos) do Brasil. Cerca de 50 discentes tiveram conhecimento da história, tradições e costumes dessa população brasileira de etnia romani (cigana) propiciando a reflexão sobre o enfrentamento ao racismo e as violações dos direitos humanos. Veja as fotos...
Assista a entrevista   UnBTV - Prazer em Conhecer, Clipping Mais

ANO 2015


-  Oficina de Capacitação para a Equipe CIAS - Gestão de Assistência Social da CAPEMISA Social, 15 e 16 Abril de 2015, Rio de Janeiro-RJ.

A AMSK/Brasil em parceria com a CAPEMISA Social iniciaram o percurso formativo da Equipe Técnica da CAPEMISA Social - Metodologia de Trabalho com a População Tradicional Cigana. A Oficina do Projeto Kalinka integrou a programação do evento e propiciou aos participantes vivenciarem as danças ciganas com os ritmos e bailados do Leste Europeu (Povo Rom), da Espanha (Povo Kalé), e Egito (Povo Ghawazee), bem como o acesso a informação e ao conhecimento da diversidade das expressões culturais dos povos romani(ciganos).  Veja as fotos...

-  Semana da Família do Colégio Leonardo da Vinci, Asa Norte, Brasília-DF, 16 de Maio de 2015.

A AMSK/Brasil com apoio da Profa. Cristiane Moura, educadora do ensino fundamental, realizou a Oficina do Projeto Kalinka aos alunos/as acompanhados por seus responsáveis, momento em que vivenciaram as danças ciganas que contam a história do povo romani (ciganos) do Egito (Ghawazee), da Espanha (Kalé), e do Leste Europeu (Rom). As crianças e adultos participaram com alegria da oficina e tiveram a oportunidade de conhecer a realidade de vida do povo romani (ciganos) do Brasil.  Veja as fotos...

-  Aula Temática sobre o Povo Romani (ciganos) e as Ações em Saúde Coletiva, na disciplina Pensamento Social em Saúde, no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB), 8 de Junho de 2015, Brasília-DF.

A AMSK/Brasil com o apoio da Profa. Dra. Maria Inez Montagner e do Prof. Dr. Miguel Ângelo Montagner, realizou a Oficina do Projeto Kalinka com atividades educativas sobre as questões afetas as ações em saúde coletiva ao povo romani (ciganos) do Brasil. Cerca de 50 discentes tiveram conhecimento da história, tradições e costumes dessa população brasileira de etnia romani (cigana) propiciando a reflexão sobre o enfrentamento ao racismo e as violações dos direitos humanos. No momento o Projeto Kalinka despertou a solidariedade e o interesse dos alunos/as em propagar nas unidades de atendimento a saúde do Distrito Federal o cartaz "POVO CIGANO - Acesso Humanizado e acolhedor em todos os serviços de saúde", lançado pelo Ministério da Saúde como ação educativa aos trabalhadores em saúde. Veja as fotos...

-  Diálogos: Projeto Kalinka - Delvair Montagner, 10 de julho de 2015, Brasília -DF.

A Profa. Dra. Delvair Montagner, antropóloga, entrevista a Profa. Lucimara Cavalcante, para contar a trajetória das ações do Projeto Kalinka. Assista a entrevista...Programa Diálogos da UnBTV, exibição em 10 de Julho de 2015.

-  XV Seminário Internacional de Dança de Brasília, 17 de julho de 2015, Brasília - DF.

O XV Seminário Internacional de Dança de Brasília, coordenado por Gisele Santoro, da Fundação Claudio Santoro, oportunizou no dia 17 de Julho de 2015, a realização do Oficina do Projeto Kalinka - Danças Ciganas: Saúde, Cultura e Cidadania, a cerca de 30 bailarinos de diferentes regiões do país. Os participantes vivenciaram as expressões culturais do povo romani (ciganos), e refletiram sobre as questões do racismo, do preconceito, da discriminação e das violações de direitos humanos que essa população brasileira de etnia romani sofre no dia a dia. Ao final o Grupo Sara Kalí dançou para agradecer o momento nos ritmos da rumba gitana, do romani do leste europeu, e do nawari. Veja as fotos...
Veja a matéria da Agência Dance Brasil - Bailarinos do Seminário Aprendem um Pouco sobre a Cultura Cigana.

-  Formação de Comunicadoras e Comunicadores contra a Redução. ECA 25 Anos: +Direitos -Redução, 28 e 29 de outubro de 2015, Brasília - DF.

A Formação de Comunicadoras e Comunicadores contra a Redução é uma iniciativa do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), com execução da Flacso Brasil em parceria com Intervozes - Coletivo Brasil de Comunicação, Andi - Comunicação e Direitos, Mídia Ninja, Ciranda Internacional da Comunicação Compartilhada e Vida e Juventude. O Projeto Kalinka fez parte da programação, promovendo no dia 28 de outubro a atividade de acolhimento dos cerca de 60 participantes, atuantes na comunicação social em defesa dos direitos da criança e do adolescente, e empenhadas na mobilização contra a redução da maior idade penal. O evento oportunizou a difusão de informações sobre a diversidade das expressões culturais do povo romani (ciganos) e as questões afetas ao enfrentamento as violações de direitos humanos promovidas pelo racismo institucional. Veja as fotos...

Saiba mais...Acesse:
              #NãoaReduçãodaIdadePenal
              Portal Desacato

-  Aula Temática sobre o Povo Romani (ciganos) e as Ações em Saúde Coletiva, na disciplina Pensamento Social em Saúde, no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB), 9 de Novembro de 2015, Brasília-DF.

A AMSK/Brasil com o apoio da Profa. Dra. Maria Inez Montagner realizou a Oficina do Projeto Kalinka a cerca de 50 discentes do curso de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília (UnB), Campus Ceilândia. A aula temática sobre o povo romani (ciganos) promoveu a reflexão dos futuros profissionais sobre as questões de enfrentamento ao racismo e ao preconceito, e as ações em saúde coletiva para atendimento das necessidades desta população. Os participantes vivenciarem a arte educação das danças e músicas romani (ciganas) que contam a história e o modo de vida do povo romani do Brasil e demais países. Veja as Fotos...



ANO 2016


-  10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), 26 de abril de 2016, Brasília - DF.

A programação cultural da 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente contou com o espetáculo Projeto Kalinka, Leshjae e Circô Belô, sob a coordenação da professora Lucimara Cavalcante da AMSK/Brasil, realizado no dia 26 de abril de 2016, às 13:00h, no Palco 3 do piso 1, do Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília - DF. O Projeto Kalinka interagiu o público com os contos, cantos, e encantos das danças, músicas e acrobacias apresentadas pelos grupos culturais romani, matriz africana e circense. Veja as fotos...
Saiba mais... Projeto Kalinka, Leshjae e Circo Belô na 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (X CNDCA)

-  Vernissage "Ciganos: Rodas e Memórias" no ITEGO em Artes Basileu França, 1 de junho de 2016, Goiânia - GO.

A vernissage “Ciganos: Rodas e Memórias” realizada nos dias 1 a 9 de junho de 2016, no Instituto Tecnológico de Goiás em Artes Basileu França, sob a organização das professoras Izabel Medeiros, Gisele Lopes e Fernanda Porto, da Coordenação de Artes Visuais, promoveu a participação da Associação Internacional Maylê Sara Kalí (AMSK/Brasil) para proferir palestra e apresentação do Projeto Kalinka, que contou a história dos romani por intermédio das danças romani da Índia ao Leste Europeu.
A AMSK/Brasil parabeniza as professoras Izabel Medeiros, Gisele Lopes e Fernanda Porto e aos discentes pelo belíssimo evento e que esta iniciativa possa ser um incentivo aos demais educadores no país a concepção e realização de metodologias didáticas-pedagógicas que contribuam na difusão de informações sobre a história do povo romani do Brasil. Saiba mais...

-  Aula Temática sobre o Povo Romani (ciganos) e as Ações em Saúde Coletiva, na disciplina Pensamento Social em Saúde, no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB), 7 de Novembro de 2016, Brasília-DF..

O Projeto Kalinka promoveu a aula temática sobre o Povo Romani (ciganos) e as Ações em Saúde Coletiva, na disciplina Pensamento Social em Saúde, no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB).
A AMSK/Brasil com o apoio da Profa. Dra. Maria Inez Montagner realizou a Oficina do Projeto Kalinka a cerca de 50 discentes do curso de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília (UnB), Campus Ceilândia. A aula temática sobre o povo romani (ciganos) promoveu a reflexão dos futuros profissionais sobre as questões de enfrentamento ao racismo e ao preconceito, e as ações em saúde coletiva para atendimento das necessidades desta parcela da população brasileira. Saiba mais...


ANO 2017


-  Aula Temática sobre o Povo Romani (ciganos) e as Ações em Saúde Coletiva, na disciplina Pensamento Social em Saúde, no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília (UnB), 12 de junho, Brasília-DF..

A AMSK/Brasil com o apoio da Profa. Dra. Maria Inez Montagner realizou a Oficina do Projeto Kalinka a cerca de 40 discentes do curso de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília (UnB), Campus Ceilândia. Esta edição contou com a participação especial do violinista Lucas Jhoshuah, e aluno do curso de saúde coletiva, que engandeceu as atividades da oficina com os acordes do violino. Saiba mais...

Entrevistas

  • AMSK PARTICIPA DO 4º ENCONTRO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO E MOVIMENTOS SOCIAIS
    Assista o vídeo com os resultados dos Grupos de Trabalho de defesa dos direitos da pessoa com deficiência e da pessoa idosa.

    Canal Youtube CNMP. Exibição em 5 de junho de 2017.

  • Audiência Pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal
    “O Dia Internacional dos Direitos Humanos”, comemorado no dia 10 de dezembro

    TV Senado - Exibição em 12 de dezembro de 2016

  • Pesquisadora lança livro sobre Povos Ciganos

    UnBTV - Prazer em Conhecer, exibição em 14 de março de 2016.

  • Diálogos: Projeto Kalinka

    Programa Diálogos da UnBTV, exibição em 10 de julho de 2015.

  • A AMSK e os Povos Ciganos

    Programa Diálogos da UnBTV, exibição em 3 de julho de 2015.

  • Dia Nacional dos Ciganos.

    Lançamento oficial pelo Ministério da Educação do resultado do Grupo de Trabalho (GT-Ciganos) com a publicação Ciganos - Documento Orientador para os Sistemas de Ensino". Reportagem da UnBTV, exibição em 9 de junho de 2015.

  • Cerca de 800 mil Ciganos estão espalhados pelo Brasil.

    Lançamento oficial pelo Ministério da Educação do documento "Ciganos - Documento Orientador para os Sistemas de Ensino". Reportagem TV Brasil, exibição em 29 de Maio de 2015.

  • MEC recebe plano para melhorar sistema de ensino aos ciganos.

    EBC Radioagência Nacional, em 29 de maio de 2015.

  • Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos 2014

    Projeto Kalinka - Ciganos na minha escola: Uma história invisível contemplado com o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos 2014. Reportagem da UNDIME Nacional.

  • Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos estimula ações na área

    Uma boa ideia na área da educação pode melhorar o aprendizado de crianças e mudar a trajetória de vidas. Repórter Brasil da TVBrasil, exibição em 24 de Novembro de 2014.

  • Ciganos:"Minha pátria é onde estão os meus pés"

    O programa Caminhos da Reportagem da TV Brasil mostra a realidade de vida do povo romani (ciganos) no Brasil, os costumes e os mitos, os problemas sociais e os projetos que estão dando esperança aos romani de superar séculos de marginalidade. Exibição em 07/08/2014

  • Direitos do Povo Cigano devem ser garantidos.

    TVMPF - Audiência Pública sobre “Proteção e promoção dos direitos humanos dos povos ciganos no Estado de Minas Gerais” - 26/05/2014

  • Representante da AMSK/Brasil explica a cultura dos povos ciganos.

    Convenção nº 169 da OIT é tema em Audiência Pública na Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa do Senado Federal. TV Senado exibição em 17/10/2013.

  • MPF Defende Direitos das Comunidades Ciganas

    TVMPF - Programa Interesse Público, exibição em 29/01/2013.